Pesquisar este blog

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Por las calles de Santiago


Por las calles de Santiago el inolvidable
O prazer do imprevisto
do não visto.
Em Neruda o belo,
minimamente certo.
E nos comuns a felicidade de não ter passado
do cheiro de tinta fresca.
A oportunidade de escrever pela primeira vez
branco de neve, de não esbarrar no borrado.
Pelos risos em Santiago a vitalidade
acordar e ver a Cordilheira
A oportunidade de enxergar
com os olhos da montanha.
Novidades à visão, ao tato, ao paladar
Ao coração.
Pelas ruas de Santiago o prazer dos locos amigos
dos amores poco vividos.
La alegría de lo que se vivió
De lo mucho que fue poco, y de lo poco
que fue tanto.

Um comentário:

  1. Te amo! Amei seu comentário, linda!
    Mantenhamos contato sim sim sim...
    Bjs

    ResponderExcluir

Sua opinião me interessa. Comente!