Pesquisar este blog

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Viver primeiro, morrer depois

Puts... olha esse cara:

Sentir primeiro, pensar depois
Perdoar primeiro, julgar depois
Amar primeiro, educar depois
Esquecer primeiro, aprender depois
Libertar primeiro, ensinar depois
Alimentar primeiro, cantar depois
Possuir primeiro, contemplar depois
Agir primeiro, julgar depois
Navegar primeiro, aportar depois
Viver primeiro, morrer depois
Mário Quintana

Na ponta do nariz

Eu tô atualizando bem mais esse blog do que o outro. Porque tem semanas que estamos mais voltados ao coração... e outras em que estamos mais racionais...
Da Felicidade
Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
Procede tal e qual o avozinho infeliz:
Em vão, por toda parte, os óculos procura
Tendo-os na ponta do nariz!
Mário Quintana
Se eu não me engano, esses versos já estão aqui, em algum lugar. Mas eu passei o dia pensando neles, e não podia haver momento mais pertinente para postá-los.

sábado, 22 de agosto de 2009

Porque os homens não choram

Homem Não Chora (Frejat)
Homem não chora
Nem por dor
Nem por amor
E antes que eu me esqueça
Nunca me passou pela cabeça
Lhe pedir perdão
E só porque eu estou aqui
Ajoelhado no chão
Com o coração na mão
Não quer dizer
Que tudo mudou
Que o tempo parou
Que você ganhou
Meu rosto vermelho e molhado
É só dos olhos pra fora
Todo mundo sabe
Que homem não chora
Esse meu rosto vermelho e molhado
É só dos olhos pra fora
Todo mundo sabe
Que homem não chora
Homem não chora
Nem por ter
Nem por perder
Lágrimas são água
Caem do meu queixo
E secam sem tocar o chão
E só porque você me viu
Cair em contradição
Dormindo em sua mão
Não vai fazer
A chuva passar
O mundo ficar
No mesmo lugar
Um grande amigo, sócio e companheiro de meu pai, faleceu. Achei que fosse vê-lo chorando pela primeira vez. Em vez disso, encontrei um rosto interiormente sério, esboçando sorrisos por coisas que não tinham a menor graça. E os olhos profundamente tristes, mesmo secos.
Homem não chora. Eles não choram porque a sociedade lhes ensinou, desde antes de saírem das barrigas de suas mães, que são, ou pelo menos devem ser, o sexo forte. Que demonstrar emoções é para as meninas. As choronas são as meninas. As que têm medo de agulha são as meninas. Os meninos são os que têm de ir na frente, para encorajar suas irmãs. E então se fez lei que o homem guardasse para si tudo o que sentisse, e nada mais que força, certeza e atitude, demonstrasse.
Homem não chora que é pra não entrar em contradição. Afinal, por que meu irmão está chorando, agora que minha irmã viajou, se nunca demonstrou um pingo de afeto por ela? Nunca lhe deu um abraço, nunca lhe disse que se cuidasse, foi o único que não lhe escreveu uma carta de despedida, nada, nunca! Ora, não seria ele ridículo a ponto de chorar justo agora que a vontade dele, de tê-la distante, está mais que satisfeita, certo?!
Mas lá dentro só eles sabem, só eles, sabem o que está acontecendo. E como é difícil segurar aquela lágrima que insiste em escorrer bem na hora que alguém entra no quarto... Fazer cara de sono, de bravo, de indiferente, para que ninguém veja seu coração sangrando. Coração de homem não sangra, filho.
Hoje eu os entendi um pouco melhor. Compreendi como é difícil ser pego em flagrante, em plena contradição.
Eu posso chorar, eu sou mulher. Porém, hoje, eu não queria ser vista chorando. A culpa foi minha. Da tristeza transbordada, da paz desmoronada. Não está claro que eu sabia que isso ia acontecer, cedo ou tarde? E que me importa que isso tenha acontecido agora, se não me importava antes? A verdade é que ninguém ia entender o motivo das minhas lágrimas. E é por isso que hoje, só hoje, eu decididamente entendi meu pai.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Daughters - John Mayer

I know a girl
Eu conheço uma menina
She puts the color inside of my world
Que põe cor no meu mundo
But she’s just like a maze
Mas é como um labirinto
Where all of the walls all continually change
Onde todas as paredes mudam continuamente
And I’ve done all I can
Eu fiz tudo que eu posso
To stand on the steps with my heart in my hands
Para seguir as etapas com meu coração em minhas mãos
Now I’m starting to see
Agora eu estou começando ver
Maybe it’s got nothing to do with me
Talvez não tenha nada a ver comigo
Fathers be good to your daughters,
Pais, sejam bons com suas filhas,
Daughters will love like you do,
As filhas os amarão como vocês as amam,
Girls become lovers who turn into mothers
Meninas se tornam amantes e depois mães
So mothers be good to your daughters too
Então mães, sejam boas com suas filhas também
Oh, you see that skin?
Ah, você vê essa pele?
It’s the same shes been standing in
É a mesma pessoa que está dentro
Since the day she saw him walking away
Desde o dia que o viu indo embora
Now shes left
Agora está largada
Cleaning up the mess he made
Limpando a confusão/bagunça que ele fez
So fathers be good to your daughters,
Então pais, sejam bons com suas filhas,
Daughters will love like you do, yeah
As filhas os amarão como vocês as amam,
Girls become lovers who turn into mothers
Meninas se tornam amantes e depois mães
So mothers be good to your daughters too
Então mães, sejam boas com suas filhas também
Boys you can break
Com meninos você pode terminar
You’ll find out how much they can take
Você verá o quanto eles aguentam
Boys will be strong and
Os meninos serão fortes
Boys soldier on
Serão soldados
But boys would be gone
Mas nunca conseguirão viver sem o calor
without warmth from
do coração de uma mulher,
A woman’s good, good heart
On behalf of every man
Em nome de cada homem
Looking out for every girl
Que cuida de cada menina
You are the god and the weight of her world
Você será o deus e o peso do mundo delas
So fathers be good to your daughters,
Então pais, sejam bons com suas filhas,
Daughters will love like you do, yeah
As filhas os amarão como vocês as amam,
Girls become lovers who turn into mothers
Meninas se tornam amantes e depois mães
So mothers be good to your daughters too

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Cazuza ou Cora?

Saber viver

Não sei...
Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura...
Enquanto durar

Cora Coralina



Eu até quero crer nessas palavras da Cora Coralina. Eu quero amar sem limites, eu quero tocar o coração das pessoas, eu quero sentir a vida, quero que seja intensa, verdadeira.
"Saber viver": é como muitos chamam a união desses versos. Mas, tocar o coração das pessoas, é mesmo saber viver? Amar. O amor. Leva mesmo, sempre à pureza? Independente de quanto dure, o braço que envolve, o olhar que acaricia, o desejo que sacia, valem a pena?
Saber viver é muito mais do que simplesmente amar. Saber viver é saber quando amar e a quem amar. Porque, infelizmente, tocar o coração das pessoas envolve mais que apenas amor.
"Que as mentiras de amor não deixam cicatrizes". Deixam, sim, Maria Rita. Deixam, sim.


O mundo é um moinho
Ainda é cedo amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora da partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar
Preste atenção querida
Embora saiba que estás resolvida
Em cada esquina cai um pouco a tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és
Ouça-me bem amor
Preste atenção,
o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões à pó.

Preste atenção querida
De cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás a beira do abismo
Abismo que cavaste com teus pés
Cazuza
E então, é Cazuza, ou é Cora?

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Libra: vou ou não vou?

Libra é considerado o signo da justiça.
Da beleza.
Da arte.
Da música.
Enfim, uma viadagem só.
O que dá mais raiva neste signo é que o seu planeta regente é Vênus, o planeta do amor, que também rege touro. Por isto é tão fácil encontrar pessoas lindas de touro e libra. E libra persegue a beleza. O libriano pode morar debaixo da ponte, mas no cantinho vai ter um vidro de desodorante cheio de água com uma margarida, só para ele ter algo belo para olhar ao acordar.
É muito comum gente de libra cair nas garras de piriguetes lindas e gigolôs irresistíveis, porque ficam atrás do que é belo. E se outras pessoas também acham belo, piorou. É aquele típico rapaz que tem uma namorada bonita e a leva até no futebol, só para mostrá-la aos outros.
Libra também tem uma mania chata de seduzir Deus e o mundo e depois não sabe o que fazer com a vítima, então é muito comum que tenha muitos relacionamentos ao mesmo tempo, até que uma das vítimas perde a paciência e lhe mete a mão na cara (geralmente uma ariana ou leonina ensandecida).
E fica horas numa mesma questão:
"Mas se formos ao motel, não acordaremos cedo para comer o pastel da feira...''
"Mas se acordarmos cedo para comer o pastel, não iremos ao motel, e acho que precisamos transar...''
"Mas também, se formos a feira, não sei se é legal, porque você está de regime..."
"Mas também no motel tem tv, então poderíamos ver o Supercine..."
"Mas também..."
E segue a chatice que dá nos nervos.
E quando libra se decide, afe, dá-lhe romantismo melado. No meio do sexo o libriano quer parar e olhar nos seus olhos. E inventa de acariciar seu corpo com uma rosa. No meio de um jogo de baralho ele quer que você pare, porque a lua tá linda. No final da novela, ele resolve dizer que te ama. Coragem!!!
É muito comum librianos se casarem muito cedo, porque acharam que aquele amor em cima de uma roda gigante era para sempre.
É normal que se casem várias vezes.
É bom que fiquem ricos, porque terão muitas pensões para pagar.
Já a mulher libriana, mesmo pobre, estará envolvida com beleza, ou justiça.
Será a vendedora de cosméticos, de lingerie, de bijouteria, ou de tudo isto.
Será advogada ou cobradora do Serasa, ou cantora de cabaré, churrascaria, buffet infantil ou até de sucesso.
Mas serão charmosas, rômanticas e têm que tomar cuidado com rostinhos lindos, porque são o seu ponto fraco.
Academias de ginástica também são a sua praia.
Aviso de amigo: cuidado com pessoas de touro com ascendente em libra. Vão te fazer pastar muito. Evite.
E não se espante se a pessoa de libra te pedir um 'tempo' de manhã e a noite disser: "Eu te amo." Eles mudam de ideia assim como eu mudo de roupa. E são os que mais demoram para terminar um namoro. Chatooooooooooooooo.
Bofes de Libra: Sting, Eminem, Ralph Lauren, John Lennon, Bruce Springsteen, Michael Douglas, Pelé, Pavarotti.
Piriguetes de libra: Gwyneth Paltrow, Catherina Zeta Jones, Brigitte Bardot, Catherine Deneuve, Rita Hayworth, Gwen Stefani, Donna Karan, Monica Belucci e aquela bonitona que fez seu irmão largar familia e filhos e fugir para o interior.

sábado, 15 de agosto de 2009

Made to be. Eu vejo um novo começo de era, de gente fina, elegante e sincera, com habilidade pra dizer mais sim do que não. You want to be loved, so badly, for who you are and you're just waiting for the right person to show you that it's okay to rest in who you were made to be, and not who you are always trying to be.
for who you are
for who you are
for who you are
quem é você? quem você quer ser? por que você quer ser?
You clean before people come over, even though you are typically a mess. E quando você toma coragem para ser o que realmente é, você vai com tudo, com tanta força, com tanto orgulho, com tanto medo de ser discriminado, xingado, desprezado, que acaba merecendo discriminação, xingamento e desprezo. You really want to be admired for your heart. You want someone to see through the masks and love you for you. You wish you could see what it's like to be perfect, just for a day.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

My biggest weakness

Fiquei tão impressionada com a pontaria do tiro desse teste que resolvi publicar aqui:

Jealousy

You envy others, but you are also confident about yourself. But sometimes you wish you could be confident about yourself without the masks. You clean before people come over, even though you are typically a mess. You dress up or wear revealing clothes, show off your tan, tattoos, and body, because you feel like it will get attention and make you feel worth something. Sexiness is something you value, but you really want to be admired for your heart. You want someone to see through the masks and love you for you, but you sometimes don't know who that person is and you fear opening up to someone because you don't want to be hurt. You wish you could be like someone else, trade places just for a day, to see what it's like to be perfect. You like lists and getting things done, but you rarely finish them. You want to be loved, so badly, for who you are and you're just waiting for the right person to show you that it's okay to rest in who you were made to be, and not who you are always trying to be.
Want to take this quiz?

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Exigências egoístas

O ser humano, egoísta que é (e eu já admiti, neste mesmo espaço, que também o sou - antes que alguém atire a primeira pedra), acredita piamente que "tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". Claro, porque aí ele automaticamente condena todas as pessoas que lhe chutaram de suas vidas. Que lhe causam rancor. Oh!
Antoine de Saint Exupéry, porém - coitado -, é esquecido quando o mesmo ser humano, ainda obviamente egoísta, jura que seu companheiro deve deixar seus interesses de lado para lhe dar atenção. Ou quando, do outro lado, jura que deve priorizar suas próprias ambições a despeito do tempo junto ao outro, ou em função do outro.
Afinal, porque é que as pessoas exigem tanto???

sábado, 8 de agosto de 2009

saudade, morena

bem, como vai você? levo assim, calado
de lado do que sonhei um dia
como se a alegria recolhesse a mão
pra não me alcançar

poderia até pensar que foi tudo sonho
ponho meu sapato novo e vou passear
sozinho, como der, eu vou até a beira
besteira qualquer nem choro mais
só levo a saudade morena
e é tudo que vale a pena

[sapato novo - los hermanos]

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão

Mas as coisas findas
muito mais que lindas,
essas ficarão

Carlos Drummond de Andrade


Sábio Drummond...

Estatísticas da vida real

É, ou não é, ou não é, ou não é?
É!!!




segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Aqui não há fatos

Eu lá vou me meter a escrever de fatos... Eu não! Eu vou escrever de emoções.
É muito mais fácil, e mais seguro.
Fatos, informações, análises, são demasiadamente passíveis de críticas. Deixo isso para o meu trabalho. Ou quem sabe um outro espaço, voltado apenas para essa sorte de escritos.
Aqui eu quero é espairecer... soltar os monstros da minha alma... deixá-los livres por alguns momentos, para que voltem mais calmos para casa.
Aqui eu quero é gritar... escrever sem medo o que me angustia e não me importar com o que pensarão os outros... Afinal de contas, aqui eu posso usar minhas amigas metáforas... dizer tudo o que eu quero, e sair sem explicar nada. E ainda correr o risco de algum leitor se identificar com toda a minha confusão.
Que maravilha... como é bom o egoísmo, não é? Aqui eu quero sentar toda vez que não tiver com quem conversar... por que cargas d´água eu escreveria sobre política, economia, religião... aqui? Num espaço tão egoísta?
Feche a porta, diz o título, ali em cima. Feche a porta, mas só depois de entrar. Aqui tem pouca gente, e tudo é silêncio. Feche a porta, se quiser, e escute essas lamentações. Ninguém quer que a gente lá fora absorva tudo isso. Feche a porta, pois. As coisas do coração devem ser compartilhadas do lado de dentro; elas não dizem respeito ao mundo exterior: o tal mundo "real", o tal furioso.
Eu lá vou me meter a falar de assuntos passíveis de correção... Eu não! Eu falo de sentimentos, porque sentimento dá direito. Não há convenções sobre o que se deve ou não sentir, ou pelo menos não houve papéis assinados... provas contra mim.
Não... aqui eu vou ser egoísta mesmo, me perdoem... vou optar pelo mais fácil. Aqui eu só quero é me sentir segura.

Crianças veem, crianças fazem.

video

sábado, 1 de agosto de 2009

A dream

A dream, into where one cannot simply go back. Sleep back and continue to dream. It just finishes when you less expect. A dream, certainly. Because if you look rationally at it, you will see: it could not actually be real. It just couldn´t. A dream. A perfect situation, a perfect parfum, the perfect touch, the perfect form, the per-fect smile. And eyes. And all the hardness only a dream can have. and must have. Cause dreams have all that mistery, that beauty, all that difficulty, essential to make them true dreams. Oh, sweet dream. You just needed to be ended, right? After all, we cannot sleep forever.