Pesquisar este blog

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Sozinho

As pessoas não entendem... No shopping eu sou um estrangeiro! Eu forço os olhos, não consigo evitar as tentativas incansáveis de identificar um conterrâneo. Ninguém fala minha língua, quem me olha nos olhos não enxerga minha alma. Eu sou brasileiro. Onde eu moro ninguém se ilude. E eu estou sozinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião me interessa. Comente!