Pesquisar este blog

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Hoje é domingo

E hoje eu tive eu um dia de cão.
Dormi, comi e passei as horas andando de um lado para o outro no quintal. Vez ou outra mordia uma cenoura, olhava para o livro que estava lendo, fazia xixi, ligava e desligava a tv, arranhava o violão.
Deve ser duro ser cachorro. Imagine então ser um passarinho de estimação e ter uma vida de cão dentro de uma gaiola.

2 comentários:

  1. Do modo como a concebemos, a vida em família não é mais natural para nós do que uma gaiola é para um papagaio.

    George Bernard Shaw


    :*

    ResponderExcluir
  2. Quando meus amigos viajaram, deixaram comigo o rãmster deles.
    tinha que alimentar uma vez por semana e trocar a água constantemente.
    algumas vezes me peguei pensando: o que ele fez pra viver preso desse jeito? nasceu?
    acho uma maldade sem tamanho.
    bem com maldade é comigo ter quase todos os dias como foi o seu domingo!!

    beijoss

    ResponderExcluir

Sua opinião me interessa. Comente!