Pesquisar este blog

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Avec le ventre

Dos mais sábios conselhos que recebi
Quando partia àquela viagem de solidão (a boa solidão)
E desafios, e possíveis memórias inesquecíveis
Em meio à insegurança do desconhecido
Temendo os visíveis riscos,
A saudade, a dor, a solidão (aquela que é ruim)
O mais simples imperou:
Il faut pousser avec le ventre, ela disse
E a preocupação se esfarelou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião me interessa. Comente!